Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/764
Título: Análise de tensões em bocais de vasos de pressão cilíndricos: comparação entre o método do boletim WRC 297 e o método de elementos finitos
Autor(es): Santos, Alex Álisson Bandeira
Kruger, Roberto Luiz
Silva, Valéria Loureiro da
Ribeiro Júnior, Armando Sá
Palavras-chave: Vaso de pressão
Bocal
Análise de tensão
Elemento finito
WRC 297
Data do documento: 2014
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: Os vasos de pressão são equipamentos muito utilizados na indústria para conter ou processar fluídos sob pressão e podem armazenar grande quantidade de energia, o que implica em possibilidade de explosão no caso de ruptura do casco. Assim, é importante seu correto dimensionamento, de forma a obter equipamentos seguros, porém, sem superdimensioná-los de forma a não elevar os custos. Esses equipamentos são dotados de bocais para permitir entrada e saída de produto, inspeção, limpeza, etc. Devido à concentração de tensões, a possibilidade de falha nessas aberturas é maior. Portanto, um dos itens mais importantes no dimensionamento dos vasos de pressão é a determinação das tensões atuantes na região da abertura dos bocais. Dois métodos são normalmente utilizados para investigar as tensões em bocais: o Boletim 297 do WRC e o método de análise de tensões por elementos finitos. O foco desse trabalho é comparar esses dois métodos em modelos computacionais e mostrar ao leitor se existe alguma vantagem em utilizar um ou outro método.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/764
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG MCTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Roberto Luiz Kruger.pdf3.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.