Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/734
Título: Modelo computacional, em ambiente web, para apoiar pesquisa em análise de rede social relacionada a processos de governança e gestão do conhecimento nas organizações
Autor(es): Sampaio, Renelson Ribeiro
Soares Filho, Almir Ribeiro
Antônia, Liliane Queiroz
Miranda, José Garcia Vivas
Palavras-chave: Gestão do conhecimento
Processo de governança
Capital intelectual - Gerenciamento
Rede social
Matriz de adjacência
Capital humano
Tangíveis
Intangíveis
Data do documento: 2012
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: O mundo tem passado nas últimas décadas, por grandes mudanças. Talvez uma das mais significativas desde a revolução industrial seja a tendência de substituição gradual da economia movida a produtos baseada em ativos tangíveis por uma economia fundamentada e baseada em ativos intangíveis tendo o conhecimento como o mais importante desses ativos. O resultado dessas mudanças tem obrigado não só as organizações se redesenharem para continuarem competitivas como também, encontrar respostas para resolver as seguintes questões: Como encontrar melhores práticas para gerenciar o capital intelectual? Como desenvolver e aplicar práticas para mapear os fluxos de conhecimento das relações intraorganizacionais aleatórios e não aleat órios, que, muitas vezes, acontecem a margem do fluxo formal organizacional? Como mapear de forma eficiente o conhecimento tácito, particular de cada indivíduo, a fim de universalizá-lo de forma eficiente no ambiente organizacional? Essas e outras questões relativas ao comportamento do capital intelectual organizacional, talvez seja o grande desafio a ser resolvido pelas empresas modernas, pois identificar mecanismos que facilitem medição, avaliação e a propagação desse conhecimento é de vital importância para desenvolver novas abordagens de Gestão do Capital Humano e, assim, garantir a sobrevivência da empresa a longo prazo. Nesse sentido, uma das técnicas que vem ganhando bastante espaço no âmbito da Gestão do Conhecimento e a Análise de Rede Social que vem sendo usada para fazer o estudo e diagnóstico de interações sociais, principalmente, na Sociologia, desde a década de 30. O interesse pela utilização dessas técnicas se deu justamente em função da sua capacidade de mostrar como acontecem as relações entre grupos sociais possibilitando assim tecer uma análise de como ocorre a transferência de conhecimento dentro de uma organização. Porém, a despeito das diversas vantagens de se empregar técnicas de Análise de Rede Social no estudo de grupos sociais, existe ainda uma grande dficuldade por parte dos pesquisadores e organizações em conduzir estudos, usando a técnica para grupos de estudo muito grandes, principalmente, nas etapas de coleta de dados, tabulação e geração da matriz de adjacência. Acelerar as etapas de coleta e tabulação dos dados bem como a geração da matriz de adjacência pode trazer ganhos consideráveis aos pesquisadores na conduçãao de pesquisas que utilizam as técnicas de Análise de Rede Social. Por isso, o problema estudado, nesta pesquisa, foi desenvolver um modelo computacional e implantar uma solução web que possibilitasse acelerar as etapas de coleta, tabulação de dados e geração da matriz de adjacência permitindo para o pesquisador um ganho de tempo superior a 80.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/734
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG MCTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao Mestrado Almir Ribeiro Soares Filho.pdf10.4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.