Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/727
Título: Modelo computacional da tendência direcional e os impactos das variações dimensionais em um veículo automotor
Autor(es): Gonçalves, Marcelo Albano Moret Simões
Murari, Thiago Barros
Zebende, Gilney Figueira
Calôba, Luiz Pereira
Pachekoski, Wagner Mauricio
Palavras-chave: Veículo automotor
Tendência direcional
Variação dimensional
Simulação computacional
Sistema complexo
Data do documento: 2012
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: A percepção de qualidade do veículo automotor pelo cliente tem relação direta com vários fatores. Entre eles temos a tendência direcional do veículo, associada ao Torque de Alinhamento Residual Veicular (VRAT), percebido pelo cliente quando: o veículo "puxa" constantemente para um lado em uma estrada reta e plana enquanto mant ém a velocidade constante. Este problema é diretamente relacionado com fatores como Camber, Caster e Toe, entre outros. Estes fatores, por sua vez, são características geom étricas de nidas em projeto e diretamente influenciadas pela variacão dimensional proveniente da fabricação e montagem das pe ças de carroceria, suspensão e dos pneus utilizados. Com o objetivo de definir a tolerância das peças e conjuntos para otimizar as características de alinhamento de rodas, determinar quais características signicativas que devem ser levadas em consideração na An álise do Modo e Efeito da Falha (FMEA) no Projeto e avaliar o impacto da variação dimensional nos indicadores de qualidade relacionados com dinâmica direcional do veí culo, desenvolveu-se um modelo computacional capaz de prever o VRAT de um veículo de passeio compacto com suspensão frontal MacPherson e traseira Twist Beam. O método proposto utiliza o VisVSA para validar alguns fatores que influenciam no resultado final, o MSC.ADAMS Chassis para simular uma base de dados que serve de entrada no ModeFrontier para desenvolver uma superfície de resposta polinomial e simular a curva de distribuição para VRAT do veículo em estudo, tornando possível avaliar os resultados de tendência direcional e a influência de cada um dos fatores no resultado. O método reduz o tempo de simula ção em aproximadamente 800 vezes quando comparado com a simulação convencional no software MSC.ADAMS Chassis.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/727
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG MCTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Thiago Murari.pdf4.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.