Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/522
Título: Análise evolutiva dos tanques de combustível de veículos automotivos: do metal ao plástico
Título(s) alternativo(s): V WORKSHOP DE PESQUISA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO (PTI) e I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA (SIINTEC)
Autor(es): Brasileiro, Ramon Maia
Silva, Luciano da
Palavras-chave: Combustível - Tanque
Plástico
Metal
Polietileno
Aço
Data do documento: 10-Set-2015
Editor: SENAI/CIMATEC
SENAI/CIMATEC
Citação: BRASILEIRO, Ramon Maia; SILVA, Luciano da. Análise evolutiva dos tanques de combustível de veículos automotivos: do metal ao plástico. In: WORKSHOP DE PESQUISA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - PTI, 5., SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA - SIINTEC, 1., 2015, Salvador. Anais... Salvador: SENAI/CIMATEC, 2015. p. 39-49.
Resumo: Com a evolução dos materiais plásticos, muitas indústrias passaram a aplicá-los mais intensamente em seus produtos. Na indústria automotiva não poderia ser diferente, e este artigo exemplifica os motivos pelos quais ao longo do tempo se optou por utilizar o plástico na produção dos tanques de combustíveis. Com o objetivo de mostrar a evolução deste componente, neste trabalho foram realizadas diversas comparações entre os tanques metálicos e plásticos a partir dos seguintes itens: segurança, resistência ao fogo, peso, forma, processo e emissões. Pudemos constatar que mesmo os tanques metálicos e plásticos convergindo em alguns pontos e cumprirem as exigências de mercado, geralmente as indústrias automotivas optam pelo material plástico pela maior facilidade na produção e menor preço.
Descrição: p. 39-49
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/522
Aparece nas coleções:Artigos Publicados em Periódicos (PPG GETEC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
V WORKSHOP Análise evolutiva ....pdf1.1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.