Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1471
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCosta, Denilson Monteiro-
dc.contributor.authorSantos, Dilson Portela-
dc.date.accessioned2022-11-17T00:18:02Z-
dc.date.available2022-11-17T00:18:02Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationSANTOS, Dilson Portela. A influência da gestão de pneus sobre os indicadores de rentabilidade da frota própria. Orientador: Denilson Monteiro Costa. 2014. 18 f. TCCP (MBA em Gestão da Manutenção) Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC, Salvador, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1471-
dc.description"Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial."pt_BR
dc.description.abstractThe competitive scenario of the activities of road freight transport, which have mechanical horses and semitrailers requires the directors of logistics companies, which have its own fleet, pursue techniques and tools for producing with low costs and reduced expenses with the goal of achieve profitability of the sector of transport. Studies reveal the main consumer items which encumber the transport by road fleet. Analyses conducted with the above types of equipment, point the tires in 2nd place in the ranking of financial risks for companies. Given the real need to reduce costs, this article reports based management controls and indicators of profitability, through the work of implementation of procedures and tire management, held at the company’s during the period of one year, thus affirming how it is possible to maintain our own fleet as a logistic differential profitable.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherSENAI CIMATECpt_BR
dc.subjectPneuspt_BR
dc.subjectFrota própriapt_BR
dc.subjectIndicadores de rentabilidadept_BR
dc.titleA influência da gestão de pneus sobre os indicadores de rentabilidade da frota própriapt_BR
dc.typeProdução bibliográfica: Artigos aceitos para publicaçãopt_BR
dc.description.localpubSalvador, BApt_BR
dc.embargo.termsAbertopt_BR
dc.description.resumoO competitivo cenário das atividades de transporte de cargas rodoviárias, que possuem cavalos mecânicos e semirreboques, impõe aos administradores de empresas logísticas, que possuem frota própria, buscarem técnicas e ferramentas para operar com baixos custos e despesas reduzidas com o objetivo de atingir a rentabilidade do setor de transporte. Estudos revelam os principais itens de consumo que oneram a frota de transporte rodoviário. Análises realizadas, com os tipos de equipamentos supracitados, apontam os pneus em 2° lugar no ranking dos riscos financeiros para as empresas. Diante da real necessidade de reduzir os custos, o presente artigo relata uma gestão baseada nos controles e indicadores de rentabilidade, através do trabalho de implantação dos procedimentos e gestão dos pneus, realizado em uma empresa do ramo logístico durante o período de um ano, afirmando assim o quanto é possível manter a frota própria como um diferencial logístico rentável.pt_BR
Appears in Collections:Artigos (Pós-Graduação) - Especialização / MBA em Gestão da Manutenção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DILSON PORTELA SANTOS.pdfTCCP / MBA / SENAI CIMATEC1.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.