Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1100
Title: Estudo do potencial eólico offshore no estado da Bahia utilizando o modelo WRF
Authors: Moreira, Davidson Martins
Marinho, Chrislaine do Bomfim
Nascimento, Erick Giovani Sperandio
Lima, Ivan Costa da Cunha
Albuquerque, Taciana
Keywords: Energia eólica
Potencial eólico offshore
Modelo WRF
Região costeira - Bahia
Issue Date: 18-Mar-2020
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: MARINHO, Chrislaine do Bomfim; MOREIRA, Davidson Martins (Orientador); NASCIMENTO, Erick Giovani Sperandio (Coorientador). Estudo do potencial eólico offshore no estado da Bahia utilizando o modelo WRF. Salvador, 2020. 82 f. Dissertação (Mestrado em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2020.
Abstract: O Brasil hoje possui 15,3 GW de capacidade instalada no setor onshore, e impulsiona cada vez mais o mercado com o seu notável potencial eólico de geração e excelente qualidade no regime dos ventos. No que tange à produção offshore, o país, através da Petrobras, desenvolverá uma planta piloto no Rio Grande do Norte até o ano de 2022. Isto então caracteriza o marco para o desenvolvimento do setor offshore no país. A Bahia, segundo maior produtor de energia eólica no país, ainda não possui projetos de P&D para o aproveitamento do seu recurso eólico marítimo, mas é uma região com forte potencial para o desenvolvimento desta matriz. O Estado apresenta um regime de ventos favoráveis, com altos índices de velocidade, tem uma forte representatividade na matriz onshore, é o principal polo nacional da indústria eólica e possui a maior extensão costeira do país. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo estimar o potencial eólico offshore na costa da Bahia por meio de simulações usando o modelo de mesoescala WRF (Weather Research and Forecasting), com resolução horizontal de 3 km, durante os anos de 2015 e 2016. As simulações da velocidade do vento foram confrontadas com dados oriundos de boias oceanográficas (do Programa PIRATA da Marinha – com dados em médias diárias) e uma estação meteorológica costeira (do Inmet – com dados em médias horárias), por meio de métricas estatísticas, realizando uma análise temporal (horária, diária e mensal). O modelo WRF mostrou-se capaz de reproduzir as características de velocidade do vento na costa da Bahia e o seu campo eólico offshore dispõe de um perfil favorável para o desenvolvimento da matriz eólica energética, em especial a costa marítima do extremo sul do Estado (compreendida entre os municípios de Caravelas e Mucuri), onde os ventos estão com boa intensidade e próximos do continente.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1100
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG MCTI)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCP_MCTI_Chrislaine do Bomfim Marinho.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO MCTI / SENAI CIMATEC4.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.