Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1068
Title: Um modelo de engenharia do conhecimento para o desenvolvimento da indústria de software brasileira utilizando políticas públicas através de dinâmica de mega-sistemas e de engenharia de mega-sistemas complexos
Authors: Pereira, Hernane Borges de Barros
Silvestre, Fábio Ribeiro
Gonçalves, Marcelo Albano Moret Simões
Sampaio, Fábio Ferrentini
Mueller, Bernardo
Santos Filho, Eudaldo Francisco dos
Keywords: Indústria de software
Governo brasileiro
Políticas públicas
Dinâmica de mega-sistemas complexos
Engenharia de mega-sistemas complexos
Issue Date: 15-Aug-2018
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: SILVESTRE, Fábio Ribeiro; PEREIRA, Hernane Borges de Barros (Orientador). Um modelo de engenharia do conhecimento para desenvolvimento da indústria software brasileira utilizando políticas públicas através de dinâmica de mega-sistemas e de engenharia de mega-sistemas complexos.. Salvador, 2018. 266 p. Tese (Doutorado em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2018
Abstract: As políticas públicas destinadas ao desenvolvimento da indústria de software brasileira ainda são insuficientes para o desenvolvimento da indústria de software brasileira. Conforme dados do Observatório Softex, o desenvolvimento da indústria de software do país vem decaindo ao longo dos últimos anos, e sem perspectiva de crescimento a curto prazo. Para contribuir com o desenvolvimento brasileiro através da indústria de software, propôs-se então, uma abordagem interdisciplinar entre políticas públicas, dinâmica de sistemas e engenharia de mega-sistemas complexos. Uma vez que abordagens tradicionais mostraram-se insuficientes, um novo paradigma da teoria do conhecimento foi proposto e utilizado nesta pesquisa, através do interpretativismo, estruturalismo e da teoria geral de sistemas, para elaboração, simulação e avaliação de modelos de dinâmica de sistemas para mega-sistemas complexos. Uma abordagem denominada de modelo semi-quantitativo, mais simples e eficiente para avaliação da dinâmica de mega-sistemas, foi utilizada, uma vez que o modelo proposto considera um contexto de sistema muito amplo e complexo. Com base nos resultados das simulações, a abordagem de modelos semi-quantitativos para análise das políticas públicas brasileiras mostrou-se então adequada durante a simulação do modelo político brasileiro atual e do modelo político proposto para avaliação do desenvolvimento da indústria de software brasileira. Foi elaborado e sugerido um modelo de engenharia de mega-sistemas complexos para o desenvolvimento da indústria de software brasileira, a fim de alavancar as políticas públicas atuais e propostas ao país, com base em modelos de dinâmica de mega-sistemas
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1068
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPG MCTI)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_FÁBIO RIBEIRO SILVESTRE.pdfTCCP / TESE MCTI / SENAI CIMATEC165.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.