Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/923
Title: Bases de poder organizacional e clima do ambiente de trabalho para criatividade: um estudo em agências de publicidade e propaganda
Authors: Pereira-Guizzo, Camila de Sousa
Carvalho, João Benício dos Santos Chequer
Figueiredo, Paulo Soares
Ladeira, Rodrigo
Rodirgues, Marilsa de Sá
Keywords: Clima para criatividade
Poder organizacional
Publicidade
Propaganda
Issue Date: 30-Aug-2017
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: CARVALHO, João Benício dos Santos Chequer; PEREIRA-GUIZZO, Camila de Sousa Pereira (Orientadora); FIGUEIREDO, Paulo Soares (Coorientador). Bases de poder organizacional e clima do ambiente de trabalho para criatividade: um estudo em agências de publicidade e propaganda. Salvador, 2017. 78 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2017.
Abstract: O atual movimento das organizações em estimular seus colaboradores em aspectos criativos, com foco em ganho de vantagens competitivas, é vital para o crescimento do negócio. Entende-se que é necessário o conhecimento do ambiente organizacional para aferir quais as condições e relações existem para que isto ocorra efetivamente na prática. Diante do exposto, o objetivo geral desta pesquisa é: investigar percepções de equipes de criação e produção, bem como seus supervisores, sobre fatores do ambiente de trabalho que impactam a criatividade em agências de publicidade e propaganda. Os objetivos específicos são: analisar e comparar a percepção do clima do ambiente de trabalho para a criatividade e das bases de poder organizacional, na percepção de equipes de criação e produção; correlacionar o clima do ambiente de trabalho para criatividade com os fatores das bases do poder organizacional; e identificar a percepção dos supervisores quanto aos fatores que impactam a criatividade no ambiente de trabalho. O método foi caracterizado como uma pesquisa quali-quantitativa de caráter exploratório. Os instrumentos de pesquisa utilizados na investigação foram: KEYS®, que identifica fatores do ambiente de trabalho que estimulam ou inibem o processo criativo; EBPS, que tem como objetivo medir a base de poder de um supervisor; e roteiro de entrevista semiestruturado para a coleta de dados qualitativos. Foram coletados dados com 35 colaboradores de duas agências de publicidades de Salvador pertencentes aos setores de criação e produção. Posteriormente, foram entrevistados dois colaboradores com cargo de gerente ou diretor dos setores de criação e produção inseridos na pesquisa. Para a análise dos dados quantitativos foram usadas estatísticas descritivas e inferencial; para as respostas às entrevistas, foi usada análise qualitativa agrupando as percepções dos supervisores em categorias temáticas. Discute-se a percepção dos fatores que estimulam ou inibem a criatividade em agências de publicidade e propaganda, bem como a influência do poder do supervisor, elencando sugestões de melhorias no formato de gestão do modelo de negócio estudado.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/923
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Benício dos Santos Chequer Carvalho.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO GETEC / SENAI CIMATEC1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.