Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/913
Title: Avaliação termoeconômica de propostas de unidades de cogeração de energia: um estudo de caso com gás de síntese, gás natural e biogás
Authors: Santos, Alex Álisson Bandeira
Freire, Rafael Magalhães de Melo
Sampaio, Renelson Ribeiro
Almeida, Antonio Gabriel Souza
Keywords: Gás de síntese
Biogás
Análise exergética
Análise termoeconômica
Cogeração de energia
Issue Date: 16-Feb-2018
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: FREIRE, Rafael Magalhães de Melo; SANTOS, Alex Álisson Bandeira (Orientador). Avaliação termoeconômica de propostas de unidades de cogeração de energia: um estudo de caso com gás de síntese, gás natural e biogás. Salvador, 2018. 110 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2018,
Abstract: As políticas de emissões e a busca pela independência da matriz energética dos combustíveis fósseis reforçam o emprego de fontes alternativas de energia. Nesse cenário, a geração de energia através da biomassa tende a crescer, sendo aplicada de diferentes formas. A transformação da biomassa em um combustível gasoso pode ser realizada por processos termoquímicos ou bioquímicos. A gaseificação da biomassa, processo termoquímico, é uma técnica que produz um combustível gasoso conhecido como gás de síntese, o qual possui baixo poder calorífico, capaz de gerar energia elétrica por meio de motores de combustão interna e de turbinas a gás. Já o biogás é produzido pelo processo bioquímico, auxiliado pela decomposição da matéria orgânica. Esse trabalho trata de um estudo de propostas de unidades de cogeração de energia em um centro de pesquisa autoprodutor de energia elétrica e que necessita, também, de demanda térmica para refrigeração. Por meio da termoeconomia, são avaliadas três tipos de unidades de cogeração com motores de combustão interna que operem com o gás natural, biogás ou o gás de síntese. As análises energéticas, exergéticas e termoeconômicas das três propostas foram obtidas através do software Engineering Equation Solver (EES) e a comparação delas mostrou que o gás natural e o biogás são mais competitivos para geração de potência. O gás de síntese, embora não esteja na maturidade da tecnologia, poderá ser, no futuro, economicamente vantajoso nos projetos de cogeração de energia.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/913
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rafael Magalhaes de Melo Freire.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO GETEC / SENAI CIMATEC2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.