Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/889
Title: Modelagem fotoquímica da formação de ozônio troposférico oriundo do uso de diesel com altos teores de biodiesel em frotas de veículos pesados
Authors: Guarieiro, Lílian Lefol Nani
Amparo, Keize Katiane dos Santos
Moreira, Davidson Martins
Correa, Sérgio Machado
Keywords: Modelagem atmosférica
Formação de Ozônio
OZIPR
SAPRC
Biodiesel
Issue Date: 21-Dec-2017
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: AMPARO, Keize Katiane dos Santos; GUARIEIRO, Lílian Lefol Nani (Orientadora). Modelagem fotoquímica da formação de ozônio troposférico oriundo do uso de diesel com altos teores de biodiesel em frotas de veículos pesados. Salvador, 2017. 160 f. Dissertação (Mestrado em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2017.
Abstract: O ozônio (O3) troposférico em alta concentração é um composto tóxico para os seres vivos e pode levar vários tipos de materiais a processos oxidativos significativos. A formação do O3 troposférico tem como principais precursores as emissões de óxidos de nitrogênio (NOX) e Compostos Orgânicos Voláteis (COV). Muitos estudos têm apontado uma redução das emissões de COV e aumento das emissões de NOX quando se adiciona biodiesel ao óleo diesel. Tais modificações precisam ser avaliadas quanto ao impacto na formação de O3 troposférico para que a implementação de novos biocombustíveis não acarrete no aumento de impactos ambientais. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma modelagem fotoquímica da formação de ozônio troposférico oriundo do uso de diesel com altos teores de biodiesel em frota de veículos pesados. Para tanto foi realizada uma prospecção de modelos fotoquímicos capazes de simular a formação do O3 troposférico. Na avaliação da formação de O3 foi utilizado um cenário base já disponível na literatura, sendo proposto cenários de avaliação, a partir deste, com modificações. Após validação dos modelos utilizados em outras pesquisas científicas, foi realizada a modelagem de cenários alterando teor de combustíveis, tipos de biodiesel, tipos de condição de ciclo de condução e percentual da frota de veículos pesados do cenário. Os ajustes realizados foram baseados no NOX e na concentração dos COV emitido na queima de cada tipo de combustível. O modelo OZIPR (Ozone Isopleth Package for Research) em conjunto com o mecanismo químico SAPRC (Statewide Air Pollution Research Center) foi o que se mostrou mais eficiente quanto ao objetivo do presente trabalho. Foram identificados cinco trabalhos na literatura que utilizam OZIPR com SAPRC, e um desses trabalhos foi utilizado como cenários base neste estudo. Para os cenários propostos neste trabalho, com uma frota de veículos pesados de 5 %, verificou-se que com o aumento do teor de biodiesel no diesel (de B5 para B20 e B40), independente da matéria prima (biodiesel de palma ou de colza), houve aumento da formação de ozônio. Para a simulação com outros percentuais de frota de veículos pesados (10 %, 20 % e 30 %), diferentes teores de biodiesel no diesel (B20, B40) e diferentes matérias primas dos combustíveis (Palma e de Colza), foi apresentado variações nos resultados, ora com aumento da formação de ozônio, ora diminuição.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/889
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG MCTI)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Keize Katiane dos Santos Amparo-.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO MCTI / SENAI CIMATEC2.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.