Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/881
Title: Estudo de material particulado (MP1,0 e MP2,5) oriundo da queima de misturas diesel/biodiesel/etanol utilizando motor ciclo diesel
Authors: Guarieiro, Lílian Lefol Nani
Paim, Joilson Nascimento
Araujo, Rennan Geovanny Oliveira
Anjos, Jeancarlo Pereira dos
Andrade, Jailson Bittencourt de
Keywords: Misturas combustíveis
MP1,0
MP2,5
Etanol
HPA
Quinonas
Issue Date: 21-Sep-2017
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: PAIM, Joilson Nascimento; GUARIEIRO, Lílian Lefol Nani (Orientadora); ARAUJO, Rennan Geovanny Oliveira (Coorientador). Estudo de material particulado (MP1,0 e MP2,5) oriundo da queima de misturas diesel/biodiesel/etanol utilizando motor ciclo diesel. Salvador, 2017. 119 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Tecnologia Industrial ) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2017.
Abstract: O uso de combustíveis renováveis, como o biodiesel e o etanol, vem se tornando alternativa atraente para auxiliar na redução de poluentes emitidos por motores do ciclo diesel. O material particulado (MP) é um poluente de destaque dentre os demais poluentes emitidos na queima de combustíveis em motor ciclo diesel e pode possuir frações de diâmetros aerodinâmicos e propriedades físicas e químicas diferentes. Neste contexto, o presente trabalho avaliou a estabilidade das misturas combustíveis B7E3 e B7E10, sendo possível estocá-las por três meses. Estas misturas foram utilizadas como combustíveis em um motor ciclo diesel, sendo coletados o MP1,0 e MP2,5 emitidos durante a combustão. As concentrações de 18 hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HPA), 5 quinonas e 27 nitro-HPA foram obtidas em MP1,0 e MP2,5 coletados. A adição de 3% e 10% (v/v) de etanol à mistura B7 refletiu em: um baixo consumo de combustível pelo motor, redução do fator de emissão (FE) de MP1,0 em aproximadamente em 31% para B7E3 e aumento do FE em aproximadamente em 23% para B7E10. O FE de MP2,5 aumentou de aproximadamente 13% para B7E3 e 35% para B7E10. Quando se adicionou 10% de etanol anidro na mistura B7, os valores dos FE individuais de HPA, nitro-HPA e quinonas apresentaram reduções mais significativas para partículas MP2,5 que para partículas MP1,0.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/881
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joilson Nascimento Paim.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO GETEC / SENAI CIMATEC2.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.