Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/834
Título: Efeito do ângulo do chanfro e da composição química da zona fundida sobre a resistência a corrosão das ligas de aluminínio AA 1060 e AA 3003 em ambientes de exposição ao HNO3
Autor(es): Souza, Guilherme Oliveira de
Rezende, Raphael Félix
Carreira Neto, Manuel
Barra, Sérgio Rodrigues
Palavras-chave: Corrosão
Soldagem
Alumínio
AA 1060
AA 3003
HNO3
Data do documento: 2014
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: As ligas de alumínio caracterizam-se por uma ampla gama de aplicações industriais, principalmente em ambientes que requerem especial proteção contra corrosão. Neste caso, para as indústrias que produzem ou utilizam como insumo o ácido nítrico HNO3, o armazenamento ou transporte requerem cuidados especiais na etapa de construção, por soldagem. Na soldagem da liga 3003, observa-se na região da solda, a falha prematura em serviço “corrosão”, normalmente, associada à condição de soldagem. Portanto, considerando os mecanismos associados “soldabilidade e corrosão”, este trabalho, teve como objetivo comparar o desempenho de juntas soldadas das ligas 1060 e 3003 para aplicações que requerem contato com HNO3. Assim, o experimento avaliou o efeito da soldagem sobre o surgimento de regiões preferenciais à corrosão. Como procedimento experimental, os corpos de prova foram soldados com diferentes ângulos de chanfro (60° e 90°). Para a caracterização microestrutural das amostras, foi empregado o microscópio ótico. Como etapa do trabalho, as amostras foram submetidas ao ensaio acelerado de corrosão, por imersão em meio de HNO3, e em seguida medida a rugosidade, na região do metal de base, zona de fusão e raiz da solda. A partir dos resultados de rugosidade, foi possível extrair que a diferença básica em uma resposta a resistência a corrosão, para ambas as ligas, será função das condições impostas pela soldagem e também, alterações de ordem metalúrgica. Tendo uma tendência de melhoria na resposta contra o fenômeno corrosivo, à amostra que apresentou tais condições: menor diferença na composição química (balanço químico – menor diluição), na região do metal de solda e penetração na raiz (ausência de fresta), onde se destacou a liga 1060 soldada com o metal de adição 1100, utilizando como abertura de chanfro o ângulo de 90°.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/834
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Raphael Felix Rezende.pdf5.87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.