Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/811
Título: Estudo de compósitos formados por poliamida 6,6 virgem e reciclada com fibra de vidro: influência da incorporação de material reprocessado nas suas propriedades
Autor(es): Pachekoski, Wagner Maurício
Camargo, Leonardo Figueiredo
Barbosa, Josiane Dantas Viana
Dalmolin, Carla
Becker, Daneila
Palavras-chave: Degradação térmica
Poliamida reciclada
Reprocessamento
Data do documento: 2012
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: Nylon 6,6 com fibra é um compósito que possui excelentes propriedades mecânicas, térmicas e elétricas. É também um importante representante dos plásticos de engenharia utilizados na indústria automotiva, a qual demanda cada vez mais o reaproveitamento dos materiais utilizados na sua cadeia produtiva. Neste contexto, este trabalho teve como objetivos estudar as propriedades mecânicas e térmicas e viabilidade econômica de compósitos formados por poliamida 6,6 virgem e reciclada com fibra de vidro e o impacto nas suas propriedades oriundo do reaproveitamento de material descartado durante o processamento. Os compósitos formados por poliamida 6,6 virgem e reciclada com fibra de vidro em diferentes formulações foram obtidos pelo processo de injeção. Para verificar o efeito do reaproveitamento, parte do material foi moído e adicionado aos compósitos em diferentes percentuais, novamente pelo processo de injeção. Foram avaliadas as propriedades mecânicas e térmicas dos compósitos em todas as formulações antes e depois da degradação térmica. Os resultados obtidos mostraram que a resistência a tração teve um aumento maior que o valor calculado pela regra da mistura, enquanto a resistência ao impacto Charpy teve um aumento menor que o valor calculado pela regra da mistura. Provavelmente este aumento na rigidez do material é proveniente do aumento da cristalinidade do material devido à incompatibilidade entre o material virgem e reciclado. Não houve alteração significativa nas propriedades mecânicas devido ao envelhecimento térmico. Apenas a resistência ao impacto Charpy apresentou uma melhoria após o envelhecimento térmico, provavelmente devido redução da cristalinidade do material.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/811
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Leonardo Figueiredo Camargo.pdf2.3 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.