Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/800
Título: Estudo multi-caso de empresas de micro, pequeno e médio porte sob análise do nível de inserção do design
Autor(es): Sampaio, Renelson Ribeiro
Nolasco, Ângela Xavier de Souza
Oliveira, Sergio Ricardo Goes
Factum, Ana Beatriz Simon
Palavras-chave: Design - Gestão
Inovação
MPME´s
Pequena e média empresa
Escada do design
Data do documento: 2012
Editor: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Resumo: É extensa a literatura e pesquisas científicas acerca do Design como um dos elementos contribuintes para o aumento da competitividade das empresas de diversos portes. O foco deste estudo reside no interesse de analisar o nível de inserção do Design nas Micro, Pequenas e Médias Empresas – MPME´s, de forma que estas poderão levar à adoção do design de forma sistemática para a agregação de valor e diferenciação. Os diferentes entendimentos do que é Design e de seus benefícios tem levado às MPME´s a contratá-lo de forma pontual pensando apenas em seus aspectos estéticos. Consequentemente, perde-se a oportunidade de explorarem, de forma sistematizada e planejada, o seu potencial enquanto indutor de capacidade de inovação na empresa. Foi realizada pesquisa de cunho social que tem sua abordagem metodológica qualitativa de base exploratória. Para tal foram realizadas entrevistas através de questionários semiestruturados, fundamentado na atual forma de identificação do nível de inserção do design nas empresas (Escada do Design da Swedish Industrial Design Foundation - S.V.I.D.) e nas Práticas e Princípios Inovadores. A pesquisa abrangeu os níveis de inserção de design nas MPME’s através de entrevista com seus diretores, gerentes e/ou proprietários identificando o nível de entendimento de design e identificando os quatro princípios e práticas da Inovação e gestão empreendedora em suas empresas. As entrevistas permitiram maior familiaridade com o problema com foco em torná-lo mais explicito. Através da análise dos resultados com base na pesquisa bibliográfica foi possível identificar o nível de inserção do design que pode levar as MPME´s a adotarem o design de forma sistemática e planejada. A partir da escada do design da SVID, que apresenta quatro degraus de maturidade do design na empresa, o presente estudo propõe a agregação, a partir do quarto degrau, das Práticas e Princípios de Drucker de 1986 como identificador da capacidade de inovação da empresa, bem como a adoção de mais dois degraus com base no sugerido por Viladas (2008) e nos atuais estudos de Gestão de Design e de Design Estratégico, a Inovação dirigida pelo Design.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/800
Aparece nas coleções:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Angela Xavier de Souza Nolasco.pdf1.6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.