Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/435
Título: Modelagem de uma tecnologia educacional para o desenvolvimento da habilidade espacial
Título(s) alternativo(s): II WORKSHOP DE GESTÃO, TECNOLOGIA INDUSTRIAL E MODELAGEM COMPUTACIONAL
Autor(es): Gomes, Marcus V. Mendes
Sampaio, Renelson Ribeiro
Pereira-Guizzo, Camila de S.
Palavras-chave: Habilidade espacial
Engenharia - Jogo
Engenharia - Desenho
Engenharia - Cognição
Data do documento: 2012
Citação: GOMES, Marcus V. Mendes; PEREIRA-GUIZZO, Camila de S.; SAMPAIO, Renelson Ribeiro. Modelagem de uma tecnologia educacional para o desenvolvimento da habilidade espacial WORKSHOP DE GESTÃO, TECNOLOGIA INDUSTRIAL E MODELAGEM COMPUTACIONAL, 2., 2012, Salvador. Anais... Salvador: SENAI/CIMATEC, 2012. p. 123-124.
Resumo: De acordo com o Ministério da Educação a cada ano cresce o número de candidatos a cursos de engenharia, dados de censos sobre o ensino superior apontam que em 2006 o número de ingressos nos cursos de engenharia era de 95,3 mil para 227,8 mil em 2011. De acordo com a ABENGE – Associação Brasileira de Educação de Engenharia em 1995 eram 454 cursos, em 2012 saltou para 3045 cursos. O perfil do engenheiro deve acompanhar as mudanças inerentes à nova visão de paradigma, mas traçar este novo perfil não é uma tarefa fácil. Será requerido deste novo profissional interações com outras áreas do conhecimento e principalmente criatividade como afirma Sternberg (2010). E neste ponto os autores concordam que desenvolver as habilidades cognitivas é importante para estimular a criatividade.
Descrição: p. 123-124
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/435
ISSN: 2446-5372
Aparece nas coleções:Artigos Publicados em Periódicos (PPG MCTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Modelagem de uma tecnologia ....pdf3.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.