Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/250
Título: Influência e propagação da informação entre indivíduos em sala de aula através de redes sociais
Título(s) alternativo(s): XL SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL- SBPO 2008
Autor(es): Santos, Lucio Marcos Silva dos
Pereira, Hernane Borges de Barros
Senna, Valter de
Palavras-chave: Redes complexas
Psicologia organizacional
Simulação
Data do documento: 2-Set-2008
Citação: SANTOS, Lucio Marcos Silva dos; PEREIRA, Hernane Borges de Barros; SENNA, Valter de. Influência e propagação da informação entre indivíduos em sala de aula através de redes sociais. In: XL SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL, 2008, João Pessoa: 2008. p. 2814-2815.
Resumo: O estudo da propagação da informação em ambientes heterogêneos vem despertando muita curiosidade. A internet veio a favorecer a disseminação de uma quantidade enorme de dados e informações. Indivíduos que recebem dados e informações encaminham para outros indivíduos e/ou grupos de indivíduos considerando diversos aspectos que vão desde relações pessoais a compromissos profissionais. No âmbito escolar, estudar o processo de influência e propagação da informação entre indivíduos em sala de aula é estimulante e requer um conhecimento do ambiente (e.g. docentes e discentes, regras da instituição etc.) e de suas características. Esse trabalho estuda o processo de influência e propagação da informação entre indivíduos em sala de aula utilizando a teoria de redes complexas especificamente, redes sociais. Para obter esse resultado, foi necessária a criação de uma base de dados, através de um questionário que foi construído com base na psicologia organizacional. Este questionário contém informações dos alunos sobre sua instituição de ensino superior, seus professores e seus colegas de turma. A aplicação do questionário foi realizada em três momentos distintos do segundo semestre letivo de 2006 (i.e. início do semestre – primeira semana, meio do semestre – final da primeira unidade e final do semestre) nas faculdades FACDELTA (turma de Administração 1º, 2° e 3° semestre) e FVC (turma de Administração em comércio Exterior 2° semestre), situadas em Salvador, Bahia Usando os dados de relacionamento obtidos das respostas do questionário, foram criadas redes sociais para cada questão. As matrizes de adjacência foram usadas pelo Algoritmo “VISÃO” para avaliar a propagação da informação a partir de estímulos nos nós da rede. Foi constatado que o fluxo de informação depende do grau de confiança que os indivíduos têm em seu propagador. A partir das regras de propagação do Algoritmo “VISÃO”, alguns resultados previstos com respeito à difusão da informação foram confirmados. Por exemplo, depois de estimulados alguns nós (alunos), não houve propagação da informação, devido à falta de credibilidade desses junto a seus vizinhos. Esse tipo de constatação mostra quais os nós responsáveis pela retenção do fluxo da informação e aqueles responsáveis pela propagação da informação. Uma das contribuições desta pesquisa é oferecer um melhor entendimento da propagação da informação mostrando seus resultados em um fluxo de conhecimento útil para tomadas de decisões.
Descrição: p.2814-2815
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/250
Aparece nas coleções:Artigos Publicados em Periódicos (PPG MCTI)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Influência ....pdf209.49 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.