Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1320
Title: Utilização da fibra de mandacaru para o desenvolvimento de compósitos poliméricos
Other Titles: Use of mandacaru fiber for the development of polymeric composites
Authors: Lopes, Jacqueline de Azevedo
metadata.dc.contributor.advisor: Azevedo, Joyce Batista
metadata.dc.contributor.referees: Viana, Josiane Dantas
Santos, Rodrigo Luz
Keywords: Fibra de mandacaru;Mandacaru;Madeira de eucalipto;PEAD - Polietileno de Alta Densidade
Issue Date: 2015
Publisher: Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC
Citation: LOPES, Jacqueline de Azevedo; AZEVEDO, Joyce Batista (Orientadora). Utilização da fibra de mandacaru para o desenvolvimento de compósitos poliméricos. Salvador, BA, 2015, 61 p. TCCP ( Especialização em Design de Produtos Industriais) Faculdade de Tecnologia SENAI CIMATEC, Salvador, 2015
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho é um estudo inicial da utilização do mandacaru (Cereus jamacaru DC.) como fase dispersa em compósitos poliméricos para uma aplicação na área de Design. O processamento do compósito teve como amostras fibra da madeira do mandacaru em forma de grânulo, foram misturadas com PEAD 59 (Polietileno de alta densidade) puro e com o OREVAC em diferentes concentrações. As propriedades físico - mecânicas e morfológicas do compósito com matriz de PEAD (Polietileno de alta densidade) de 20% e 40% de Madeira de Mandacaru foram determinadas através de ensaio de tração, flexão, determinação de densidade, absorção de água e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). A madeira de Mandacaru apresenta uma estrutura porosa podendo influenciar no peso no compósito. Um estudo comparativo entre a utilização de madeira de Mandacaru e a madeira de Eucalipto nos compósitos foi realizado. Os resultados indicaram que a madeira de Mandacaru não interfere na rigidez do material e a o aumento da sua concentração não influencia a resistência a tração dos compósitos. Não houve alteração na densidade dos compósitos com a variação do tipo de madeira. Os resultados de absorção de água indicaram que a composição química da madeira pode ter influencia sobre esta propriedade sendo necessários outros estudos para melhores conclusões.
Abstract: This work is an initial study of the Mandacaru’s utilization (Cereus jamacareu DC) as dispersed phase in polymeric composites for an application in Design area. The process of the composite samples had the mandacaru wood fiber in the form of granules were mixed with 59 HDPE (high density polyethylene) and the pure OREVAC in different concentrations.The physical, mechanical and morphological properties of composites with HDPE matrix and 20% and 40% Mandacaru wood were determinated through traction, flexion, density determination, water absorption and Eletronic Sweep Microscope (ESM) test. The Mandacaru wood shows a porous structure that can influence in the composite weight. A comparative research between the utilization of the Mandacaru wood and the Eucalyptus wood in the composite was realized. The results indicated that Mandacaru wood doesn’t interfere in material rigidity, and the increase of their concentration doesn’t influence in the traction and in the resistence of the composites. There wasn’t any change in the density composites by varying the type of wood. The absorption water results indicated that the wood chemistry composition can have influence on this property being necessary other researches to better conclusions.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1320
Appears in Collections:Monografias – (Pós-Graduação) - Especialização em Design de Produtos Industriais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCP_JACQUELINE DE AZEVEDO LOPES.pdfTCCP / ESPECIALIZAÇÃO / SENAI CIMATEC 3.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.