Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1121
Title: Panorama da inovação nas indústrias de alimentos de micro e pequeno porte da Bahia: status e características da inovação
Authors: Coelho, Rodrigo Santiago
Bezerra, Iris Andrade
Machado, Bruna Aparecida Souza
Pereira-Guizzo, Camila de Sousa
Sampaio, Renelson Ribeiro
Reis, Isailton Santos
Guez, Marcelo Andrés Umsza
Keywords: Indústria de alimentos
Gestão industrial
Inovação industrial
Radar da inovação
Issue Date: 1-Feb-2019
Publisher: Centro Universitário SENAI CIMATEC
Citation: BEZERRA, Iris Andrade; COELHO, Rodrigo Santiago (Orientador); MACHADO, Bruna Aparecida Souza (Coorientadora). Panorama da inovação nas indústrias de alimentos de micro e pequeno porte da Bahia: status e características da inovação. Salvador, 2019. 102 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Tecnologia Industrial) - SENAI CIMATEC, Salvador, 2019.
Abstract: Em um mercado cada vez mais competitivo e globalizado, a inovação se configura como um fator chave para o desenvolvimento das empresas e, consequentemente, das regiões em que elas estão localizadas. Neste contexto, este trabalho analisa o panorama da inovação das indústrias de alimento de micro e pequeno porte localizadas no estado da Bahia. Optou-se por trabalhar com as indústrias de alimentos devido ao apelo pela inovação no segmento em razão do aumento da exigência do consumidor e, por este ser um eixo industrial de destaque no cenário brasileiro e baiano. A metodologia utilizada no trabalho fundamentou-se na aplicação da ferramenta Radar da Inovação em 46 empresas pertencentes ao recorte estudado. O Radar da inovação, através de um questionário estruturado com 38 variáveis, avalia 13 dimensões que contribuem para o processo de inovação (Oferta, Plataforma, Marca, Clientes, Soluções, Relacionamento, Agregação de Valor, Processos, Organização, Cadeia de Fornecimento, Presença, Rede e Ambiência Inovadora). Esta ferramenta mensura o grau de inovação (GI) das empresas a nível global e por dimensão, através de uma escala que varia de 1 a 5 e as categoriza como pouco ou nada inovadoras, inovadoras ocasionais ou inovadoras sistêmicas. Nesse contexto, obteve-se um resultado global de 2,6 entre as empresas estudadas, categorizando-as como pouco inovadoras. Numa análise por dimensão, Plataforma e Marca foram as únicas que obtiveram um grau de inovação global superior a 50% da escala, sendo eles, respectivamente 4,2 e 3,8. As dimensões menos inovadoras foram Soluções, Agregação de Valor, Processos e Ambiência Inovadora, com um grau de inovação de 2,1 para as duas primeiras e 2,2 para as seguintes. Os resultados evidenciaram que embora a inovação seja importante para a competitividade no mercado, ainda não representa uma meta estratégica para as empresas analisadas, que apresentam uma deficiência na utilização de um processo formal e estruturado de inovação.
URI: http://repositoriosenaiba.fieb.org.br/handle/fieb/1121
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPG GETEC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCP_GETEC_Iris Andrade_Bezerra.pdfTCCP / DISSERTAÇÃO GETEC / SENAI CIMATEC2.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.